shadow

Tratamentos Naturais para Problemas Sexuais Masculinos

Problemas Sexuais mais Comuns

medico

Para a maioria dos homens, basta um exame físico e algumas respostas ao seu médico para ele poder criar o seu histórico médico e para que possa lhe diagnosticar a disfunção erétil, ou qualquer outro problema sexual e recomendar um tratamento.

Mas se você tiver problemas de saúde crônicos, a doença já esteja em um estado avançado, ou o seu médico suspeitar que uma condição subjacente possa estar envolvida, você poderá precisar de mais exames ou de uma consulta com um especialista, um urologista para confirmar o diagnóstico.

A disfunção erétil, a incapacidade de obter e manter uma ereção firme o suficiente para o sexo, é um dos problemas sexuais mais comuns que afetam os homens, principalmente depois de ultrapassada a barreira dos 45 anos.

Se pesquisar na internet você provavelmente já viu anúncios de ervas ou suplementos para disfunção erétil para ou para “aumentar seu desempenho sexual”. Será que eles poderiam trabalhar para o ajudar a resolver este problema?

Os suplementos de disfunção erétil e outros remédios naturais são utilizados há muito tempo nas culturas chinesa, africana e outras. Mas, diferentemente dos medicamentos prescritos para disfunção erétil, como o Viagra, o Cialis e outros medicamentos idênticos, as ervas e suplementos para disfunção erétil não foram estudados ou testados convenientemente na maioria das vezes.

suplementos de disfunção erétil

Alguns podem causar efeitos colaterais ou interagir com outros medicamentos. E a quantidade do ingrediente ativo pode variar bastante de produto para produto. Enquanto existe alguns produtos de renome que gastam avultadas somas na pesquisa e aprimoramento das suas formulas também há muitas empresas que se aproveitam da anonimidade da internet para venderem produtos que são ineficientes, ou pior, perigosos.

Pelo que é preciso prudência quando se opta por este tipo de tratamentos e não acreditar em tudo o que a página de venda do produto diga. Normalmente quanto maior é a promessa maior a possibilidade dela ser falsa.

Independentemente da sua escolha a opção por um bom suplemento é sempre melhor que tentar fazer uma mistura de ervas potencialmente perigosa, pois dificilmente conseguirá obter a combinação perfeita para obter os melhores resultados e evitar alguns efeitos secundários que podem ser perigosos.

Mas não é apenas com suplementos ou medicamentos que se pode tratar os problemas sexuais masculinos. O seu estilo de vida conta muito para a sua saúde em geral, e para a saúde sexual em particular, pelo que muitas vezes uma mudança de hábitos pode ser de grande ajuda para tratar ou, pelo menos, melhorar o efeito conseguido com os remédios.

A seguir enumeramos alguns estilos de vida que deve optar para melhorar a sua saúde ou para a conservar em boa forma se ainda não apresenta sintomas de doença.

Estilo de Vida Saudável

Faça caminhadas

De acordo com um estudo da universidade de Harvard, apenas 30 minutos de caminhada por dia estavam associados a uma queda de 41% no risco de disfunção erétil e outras doenças masculinas. Outra pesquisa sugere que o exercício moderado pode ajudar a restaurar o desempenho sexual em homens obesos de meia idade com este problema.

Faça uma alimentação correta

Um estudo sobre o envelhecimento masculino na universidade de Massachusetts concluiu que comer uma dieta rica em alimentos naturais como frutas, legumes, grãos integrais e peixe, ao mesmo tempo que se evitava comer menos carne vermelha, alimentos processados e grãos refinados diminuiu a probabilidade de um homem vir a sofrer de disfunção erétil em 32%.

Alimentação saudavel

Preste atenção à sua saúde vascular

Pressão alta, açúcar elevado no sangue, colesterol alto e triglicerídeos elevados podem danificar as artérias do coração, causando ataque cardíaco, no cérebro causando acidente vascular cerebral e incentivar vários problemas sexuais masculinos.

Uma barriga em expansão também contribui como sinal de que algo não está a funcionar bem. Consulte o seu médico para descobrir se o seu sistema vascular e, portanto, seu coração, está em boa forma ou precisa de um ajuste através de mudanças no estilo de vida e, se necessário, a ajuda de medicamentos.

O tamanho importa, então perca barriga e fique magro. Uma pessoa magra tem sempre melhores probabilidades de ser saudável, pois um homem com uma cintura pronunciada tem 50% mais chances de ter problemas sexuais em tenra idade do que um com uma cintura delgada.

Perder peso pode ajudar a combater a disfunção erétil, portanto, obter um peso saudável e ficar lá é outra boa estratégia para evitar ou corrigir problemas futuros. A obesidade aumenta os riscos de doenças vasculares e diabetes, duas principais causas de disfunção erétil e outros problemas sexuais no homem. E o excesso de gordura interfere com vários hormônios que também podem fazer parte do problema, como a testosterona.

Exercícios – correr

Faça ginastica e exercícios penianos

Um forte assoalho pélvico aumenta a rigidez durante as ereções e ajuda a impedir que o sangue saia do pênis pressionando uma das veias principais. Em um estudo britânico, três meses de exercícios de Kegel duas vezes ao dia (que fortalecem esses músculos), combinados com algumas mudanças no estilo de vida, como parar de fumar, perder peso ou limitar o álcool funcionaram muito melhor do que apenas as mudanças no estilo de vida.

Estudos recentes descobriram que o exercício, principalmente atividade aeróbica moderada a vigorosa, pode melhorar a disfunção erétil. No entanto, alguns benefícios podem ser menores em alguns homens, incluindo aqueles com doença cardíaca estabelecida ou outras condições médicas significativas que podem ser afetadas pelos exercícios.

Ainda que pouco intenso, o exercício regular pode reduzir o risco de várias doenças. Aumentar seu nível de atividade nas suas tarefas do dia a dia também pode reduzir ainda mais o seu risco. \lsdprio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *